Alimentação

Razões pelas quais devemos aumentar o consumo de peixes

Os peixes possuem uma gama de benefícios nutricionais que podem ajudar sua mente, seu corpo e até mesmo sua pele.

O peixe é uma das fontes de proteína mais benéficas para a sua dieta.

É preenchido com nutrientes essenciais, como os ácidos graxos ômega-3, e é uma ótima fonte de proteína para manter o corpo magro e os músculos fortes.

O peixe não afeta apenas a sua cintura, mas também outras funções do seu corpo, incluindo o fígado, o cérebro e até o sono.

Qualidade de vida - peixes

Portanto, verifique se você está incorporando peixes em sua dieta para colher esses benefícios à saúde.

É por isso que alguns tipos de peixes entraram na nossa lista das 29 Proteínas de Melhor Qualidade para Perda de Peso.

Leia também: Banana, uma fruta magnífica para adicionar na dieta

1 – Diminui o risco de doença cardíaca

De acordo com uma revisão publicada no American Journal of Cardiology, o consumo de peixe está associado a um menor risco de doença coronariana fatal e total.

O peixe é rico em ácidos graxos ômega-3 saudáveis ​​para o coração, que podem reduzir a inflamação, ajudar a proteger seu coração e evitar doenças crônicas.

2 – Reduz o risco de doença de Alzheimer

O peixe também é uma dieta essencial para o cérebro.

De acordo com um estudo de 2016 publicado no Journal of American Medical Association, o consumo moderado de frutos do mar estava associado a um menor risco de doença de Alzheimer.

Qualidade de vida - peixes

O estudo descobriu que aqueles que consomem peixe regularmente tinham mais matéria cerebral cinzenta, o que reduz o encolhimento do cérebro e a deterioração que podem levar a complicações no funcionamento do cérebro.

Embora eles observassem que o consumo de frutos do mar também estava correlacionado com níveis mais altos de mercúrio no cérebro, isso não estava correlacionado com a neuropatia cerebral.

Leia também: Couve, um excelente alimento para nossa saúde

3 – Pode ajudar a reduzir os sintomas da depressão

Este marisco também é incrível para a sua saúde mental.

O Journal of Psychiatry & Neuroscience descobriu que o óleo de peixe pode ajudar a melhorar os sintomas de depressão quando tomado com um inibidor seletivo da recaptação da serotonina (ISRS), um tipo de antidepressivo.

Embora existam relatos de que o óleo de peixe diminua os sintomas da depressão por si só, ainda é preciso fazer mais pesquisas para comprovar essa afirmação.

Qualidade de vida - peixes

4 – É uma grande fonte de vitamina D

De acordo com os Institutos Nacionais de Saúde, os peixes são ricos em vitamina D e são considerados uma das melhores fontes alimentares para este nutriente essencial.

De acordo com o NIH, a vitamina D é benéfica para a absorção de cálcio para a saúde e o crescimento dos ossos.

Como 70% da população dos EUA não atende a ingestão média estimada (EAR) de vitamina D todos os anos, certamente será útil se você adicionar mais desses alimentos ricos em nutrientes à sua dieta.

Leia também: O que precisamos saber sobre a vitamina B12

5 – Ajuda a melhorar a visão e a saúde dos olhos

A Agência para Pesquisa e Qualidade em Assistência à Saúde descobriu que os ácidos graxos ômega-3 são benéficos para melhorar a visão e a saúde dos olhos.

Isso ocorre porque o cérebro e os olhos estão fortemente concentrados em ácidos graxos ômega-3 e precisam deles para manter sua saúde e função, de acordo com as descobertas da AHRQ.

O peixe é uma das melhores fontes dessas gorduras boas.

Qualidade de vida - peixes

6 – Pode ajudá-lo a dormir melhor

Se você tiver problemas para dormir, comer mais peixe pode resolver o problema.

De acordo com um estudo publicado pelo The Journal of Clinical Sleep Medicine, o aumento do consumo de peixe melhorou a qualidade do sono para a maioria dos indivíduos.

Os pesquisadores suspeitam que isso se deva à alta concentração de vitamina D do peixe, que ajuda no sono, de acordo com o estudo.

Leia também: Alimentos termogênicos que podem ajudar no seu metabolismo

7 – Ajuda a combater a acne

Se você tem acne hormonal ou adulta, os peixes podem ajudar a aliviar sua pele.

Um estudo publicado pela BioMed Central observou que o óleo de peixe é benéfico para limpar a pele de pessoas com acne moderada a grave.

Qualidade de vida - peixes

8 – É útil para aliviar a artrite reumatóide

Se você sofre de artrite reumatóide, que é a inflamação crônica de suas articulações, comer mais peixe pode ajudar a aliviar o inchaço e a dor.

O Colégio Americano de Reumatologia descobriu que o maior consumo de peixe na verdade reduz a atividade da doença na artrite reumatóide.

9 – É uma carne magra

A American Heart Association observou que o peixe é uma ótima fonte de proteína sem o alto teor de gordura saturada que muitos outros tipos de carne têm.

A AHA recomenda a ingestão de duas porções de peixe por semana, preferencialmente peixes gordurosos, que têm maior teor de ácidos graxos ômega-3.

Leia também: Abacaxi: Benefícios para a saúde e informações nutricionais

Qualidade de vida - peixes

10 – Ajuda a baixar o colesterol

O Baylor University Medical Center Proceedings observou que os ácidos graxos ômega-3 encontrados no óleo de peixe ajudam a reduzir os níveis de LDL (também conhecidos como “maus” níveis de colesterol) no corpo.

Os ácidos graxos ômega-3 em peixes são conhecidos por ajudar a reduzir lipídios no sangue, de acordo com as descobertas da universidade.

11 – Diminui o risco de insuficiência cardíaca

O peixe tem uma reputação muito saudável e por boas razões.

Um estudo conduzido pela Divisão de Envelhecimento do Departamento de Medicina de Brigham e Hospital da Mulher mostrou que um consumo moderado de peixe ajudará a diminuir o risco de insuficiência cardíaca, devido à sua alta concentração de ácidos graxos ômega-3 saudáveis ​​para o coração.

Leia também: 8 benefícios do mel com limão para saúde, cabelo e pele

Qualidade de vida - peixes

12 – Diminui o risco de acidentes vasculares cerebrais

Outra maneira de os peixes ajudarem a saúde do cérebro é diminuindo o risco de derrames.

De acordo com o The British Medical Journal, o alto teor de ácidos graxos ômega-3 nos peixes também ajudou a diminuir o risco de derrames nos participantes do estudo.

13 – Diminui o risco de doença auto-imune

De acordo com um estudo publicado na revista Nutrition and Diabetes, comer peixe gordo pode realmente ajudar a prevenir doenças auto-imunes, como diabetes tipo 1.

O alto teor de vitamina D do peixe ajuda na imunidade do corpo e no metabolismo da glicose, de acordo com o estudo.

Qualidade de vida - peixes

14 – Diminui o risco de câncer

O peixe pode até diminuir o risco de certos tipos de câncer, de acordo com um estudo do American Journal of Clinical Nutrition.

O estudo mostrou que as pessoas que tinham um alto consumo de peixe na verdade tinham um risco reduzido de cânceres digestivos, como câncer da cavidade oral, da faringe, do cólon e do pâncreas, em comparação com aqueles que consumiam quantidades menores de peixe.

15 – Acelera o seu metabolismo

Uma pesquisa do Departamento de Saúde Humana e Ciências da Nutrição da Universidade de Guelph descobriu que os ácidos graxos ômega-3, que são abundantes em peixes, têm um efeito positivo no seu metabolismo.

O estudo observou que essa gordura saudável aumentou as taxas metabólicas de repouso e exercício, bem como a oxidação de gordura, em mulheres mais velhas.

Leia também: Propriedades incríveis de água de coco para a saúde

Qualidade de vida - peixes

16 – Diminui a pressão arterial

Se você tem pressão alta, incorporar mais peixes em sua dieta pode ajudar a diminuí-la.

Um estudo publicado na revista Circulation descobriu que o óleo de peixe é útil na redução da pressão arterial, devido à sua alta concentração de ácidos graxos ômega-3.

17 – Aumenta a Concentração e a Atenção

Peixe também foi mostrado para ajudar com concentração e atenção em adolescentes.

Um estudo publicado no Nutritional Journal descobriu que os estudantes com idades entre 14 e 15 anos que comiam peixe gorduroso em detrimento de outras carnes tinham taxas mais altas de concentração e eram capazes de prestar mais atenção em comparação com aqueles que comiam menos.

Qualidade de vida - peixes

18 – Alivia os sintomas da SPM

O peixe também pode ajudar com sintomas pré-menstruais em mulheres, de acordo com um estudo publicado pelo Journal of Psychosomatic Obstetrics & Gynecology.

O estudo constatou que a interferência dos sintomas pré-menstruais no cotidiano das mulheres reduziu fortemente quando aumentaram a ingestão de ácidos graxos ômega-3, que é encontrada na maioria dos peixes.

19 – Ajuda a tratar a doença hepática

Ácidos graxos ômega-3 encontrados em peixes também foram mostrados para ajudar a tratar doenças do fígado.

Um estudo da Universidade de Columbia mostrou que o ômega-3 ajuda a quebrar triglicerídeos e ácidos graxos no fígado, diminuindo o risco de doença hepática gordurosa.

Qualidade de vida - peixes

20 – Ajuda atletas a recuperarem mais rápido

O peixe contém nutrientes que são extremamente benéficos para ajudar os atletas a se recuperarem da fadiga e ajudar na regeneração muscular.

Um estudo publicado na revista Sports Medicine mostrou que a vitamina D e os ácidos graxos ômega-3, que são muito importantes na maioria dos peixes gordurosos, desempenham um grande papel na regeneração muscular pós-exercício e na recuperação da fadiga.

Após uma malha de suor particularmente rigorosa, certifique-se de carregar em um dos 16 Especialistas em Fitness pós-treino.

Com certeza aumentar a quantidade de peixes na sua dieta vai ajudá-lo a ter mais qualidade de vida.

Fonte: Eat this, not that


Posts relacionados

Propriedades incríveis de água de coco para a saúde

10 benefícios de beber água morna limão todas as manhãs

8 benefícios do mel com limão para saúde, cabelo e pele



Deixe um comentário